Fluxer: superplastificante de alto desempenho e competividade para o mercado construtivo brasileiro

Aditivos são compostos químicos adicionados ao concreto a fim de modificar uma ou mais de suas propriedades.

Uma família de aditivos para produção de concretos com características especiais de fluidez é a dos superplastificantes, que usam policarboxilatos, moléculas poliméricas negativamente carregadas, que são atraídas pelas partículas positivamente carregadas do cimento e de seus produtos de hidratação. Adsorvidas nessas partículas, os policarboxilatos criam uma carga negativa ao seu redor, fazendo como que se dispersem por repulsão eletrostática e estérica.

Com uma planta de sintetização de policarboxilatos em Itatiba, São Paulo, a ERCA produz superplastificantes de forma altamente competitiva para o mercado brasileiro. A unidade é responsável pela produção de toda a linha de aditivos para concreto, cimento e argamassa. “Nossa capacidade atual de produção é de mil toneladas por mês. Com a conclusão da nova planta, a produção deve chegar a três mil toneladas. Esta nova unidade contará com laboratório de 200 m2, com os mais modernos equipamentos, que será um Centro de Pesquisa para atender toda a América Latina”, informa Alexandre Maturano, gerente de produção e desenvolvimento da ERCA.

FLUXER PC e RMX

A família Fluxer®, marca corporativa de aditivos superplastificantes da ERCA, possui duas linhas principais – os aditivos para pré-moldados (PC), focados em produtividade e qualidade de acabamento na produção das peças, e os aditivos para obras especiais (RMX), que conferem prolongada manutenção de trabalhabilidade, ainda que em altas temperaturas. “O FLUXER PC 3505 possui uma das maiores capacidades de corte de água do mercado – cerca de 45% – e promove um ganho de resistência inicial de até 50Mpa em 16 horas, sem cura térmica. Já, o RMX 7000 é capaz de promover a manutenção da trabalhabilidade do concreto por até quatro horas”, exemplifica Ricardo Alencar, gerente da unidade de químicos para construção.

Por essas características, os aditivos FLUXER são especialmente recomendados para concreto autoadensável, concreto bombeável e concretos sujeitos a longos períodos de transporte. A baixa relação água/cimento nesses concretos garante maiores resistências iniciais e finais, menor permeabilidade e maior durabilidade, tornando-os apropriados para aplicações em concreto pré-moldado, concreto massa, concreto de alto desempenho e concreto para pisos industriais.

“Os aditivos mid-ranges, situados entre os hiperplastificantes e os polifuncionais da família FLUXER, possibilitam forte redução de consumo de cimento – da ordem de 20 a 100 kg por metro cúbico, para resistências características entre 20 e 50 Mpa – o que fez a ERCA ganhar projeção no mercado de concreteiras no início da sua operação na construção civil em 2010”, destaca Alencar.

Com atuação nacional, laboratório bem estruturado e pessoal capacitado, a empresa customiza soluções para seus clientes, considerando a diversidade dos tipos de cimentos produzidos no país e as especificidades das obras.

Conheça mais sobre as especificações técnicas dos FLUXER e das outras famílias de aditivos da ERCA, acessando as fichas técnicas dos produtos no site www.ercagroup.com.br e consultando o Centro de Atendimento do Cliente (vendas@br-ercagroup.com).

Visite-nos no 58º Congresso Brasileiro do Concreto, de 11 a 14 de outubro, no Minascentro!

Topo